BPI? MillenniumBCP? BES? É já a seguir!

O Sr. distintíssimo presidente da república critica a banca e eu... também. Mas não pelos serviços enganadores e duvidosos. É mais pela maneira como os divulgam que ainda é pior.

Estou cansado de ver tanta "porcaria" na TV, publicidade fraca, sem originalidade, sem conceito absolutamente nenhum com ideias pobres e aborrecidas. E a banca neste campo abusa!

Quê? Vão-me convencer que se for ao BPI de Mazda saio de Jaguar? Ou que se for ao BES vou ter uma vidinha como a do Cristiano Ronaldo? Se calhar os anúncios nem querem demonstrar isso mas é o que eu percebo. Tudo uma ilusão!

O segredo para ver um anúncio da banca é tirar o som à televisão. A sério. Porque se vocês ouvirem o que eles dizem não vão perceber nada: Taxa de juro para aqui, bonificações para ali blá blá blá. E depois atiram assim uns números para ver se as pessoas comem, enfim, uma tristeza. O pior é que algumas pessoas comem mesmo, mas isso tem uma explicação: Não leram aquela frase em rodapé muito pequeniiiiina que tinha um asterísco, "não devia ser nada importante" - pensam elas.

Depois, chegam aos bancos e deparam-se com a dura realidade. Mas já é tarde demais. Um bancário sentado na sua secretária, em frente ao cliente, é mais convincente que qualquer advogado que para aí anda.

Por isso eu digo: Não me venham cá com Fernandas Serranos, nem Cristianos Ronaldos e muito menos com Alexandras Lencastres (aquele anúncio das rugas foi o pior que já vi em toda a minha vida. Tive pesadelos com ele!) porque para fazerem a figurinha que eles fazem só muito bem pagos realmente.

Tenho dito.

4 comments:

(Phi)lipe disse...

Subscrevo em absoluto...uma verdadeira miséria...vá lá...o montepio ainda vai arriscando...mas como marketing não resulta...pois a maior das pessoas lembra-se do "É já a seguir...", mas não sabe de que Banco(marca) se trata, ou até mesmo a que produto se refere...

Soinico disse...

É verdade (phi)lipe, todos se lembravam do anuncio e do slogan, mas não da marca!
E, finalmente, que alguém esclareceu aquele anuncio da A. Lencastre, é que quando o vi fiquei abismada e chocada com aquela música horrorosa e as filhas na fotografia... Afinal, eu não sou a única a achar aquilo uma bela porcaria.

Mirtillo disse...

MAI NADA...

Anónimo disse...

O mal não é dos bancos nem da publicidade que fazem ou deixam de fazer; o mal é da pobreza de espírito que é cada vez maior entre a população portuguesa; ah pois é ... quanto mais estúpida e ignorante for uma população e menos treinada for para pensar pela sua própria cabeça mais "barretes" enfia. Os bancos não são a Santa Casa da Misericórdia, cabe a cada Pessoa saber até onde pode gastar dentro do seu orçamento. A verdade é que anda por aí muita gentinha a faver vida "à grande" quando na verdade não passam de uns tesos ... e ainda desdenham de quem faz uma vida decente conseguindo poupar ajgum (pouco!) dinheiro simplesmente porque não consideram imprescindivel ter o ultimo modelo de telemóvel, de carro, plasma ... ou outros "bens de 1.ª necessidade". Depois a culpa é dos bancos!! LOL LOL